Atos de Fala

Os seres humanos somos os únicos que ao comunicar nos, adotámos uma postura expressiva, a que está carregada de elementos emocionais e estes implicam graus de subjetividade.


É assim, que quando interatuamos nossas palavras têm uma série de componentes afectivos e isso nos permite desenvolver nos dentro do mundo e da sociedade, participar neles e não só lhes descrever desde afora.

Atos de fala é quando utilizamos a linguagem para dialogar, para opinar de fatos ou realizar qualquer tipo de intervenção – oral ou escrita – na vida diária, aqui estamos anúnciando e essa anunciação  tem uma conotação linguística. Possui um sentido, um para que e um por que se diz.

O anunciado em si é uma unidade de língua que possui uma intenção comunicativa, pois contém uma ideia de parte do falante, seja esta um reclamo, una petição, uma pergunta ou outros.

Nos atos de fala devem considerar:

  • O decir: ato LOCUTIVO
  • A intenção de decidir: ato ILOCUTIVO
  • O efecto que decidi te no receptor: ato PERLOCUTIVO

Desde esse ponto se distinguem os seguintes atos de fala (orais ou escritos):

DIRETOS

É quando a intenção do emissor é completamente comprendida pelo destinatário, pois está clara e não necéssita maiores explicações.

Levante-se, tem que ir ao colégio.

Neste caso, a oração reflete nitidamente o que quer dizer ao emissor e é por isso que é um acto de fala directo.

INDIRETOS

É quando a mensagem não fica totalmente expressa, senão que este se presta para confussões ou outras interpretações por parte do receptor.

Amanhã te acordarei cedo.

Na oração anterior não fica claro  para que se efectui essa ação, com qué fim o receptor será acordado ao dia seguinte a uma hora cedo. Conquanto, tomando o primeiro exemplo, podemos inferir que será para ir ao colégio, essa intenção não está tácita na sequência de palavras.

CLASSIFICAÇÔES DOS ATOS DE FALA

Acertivos o representativos

O emissor AFIRMA O NIEGA algo com muita convicção, com a idéia de clariar o que deseja dizer ou informar.

Estou em desacordo com você

Na segunda-feira é uma data especial, estou de aniversáro de casal

Expressivos

Quem fala transmite sua interioridade, seu estado afetivo ou emocional.

Eu sinto muito, não soube antes
És tão terno comigo…

Diretivos ou apelativos

O falante busca persuadir ouvinte o leitor e cosegui que realize una ação determinada, pode ser uma ordem em forma de pregunta, solicitação ou simplemente utilizando o imperativo.

¿Tens visto a meu pai?
Dá-me um par de minutos, já volto

Compromisórios

O emissor adquire um fim, assume um compromisso, independente se o cumpre ou não.

Prometo-lhe que na sexta-feira será inesquecível
Juro te amar e te respeitar até  que a morte nos separe

Declarativos

O falante busca modificar algumas situações, para isso possui um grau de autoridade ao anunciar certas palavras, podendo demarcar-se em contextos solenes.

Se sub entende que quem pronuncie esses anunciados conta com um reconhecimento ofícial o público, que lhe dá valor e peso a suas palavras em certos momentos (seja juiz, religioso, política, chefe, etc.).

Eu os declaro marido e mulher
Condena-se a prisião pelo delito de homicídio simples